Foi entregue nessa segunda Feira (01) o relatório das vistorias as escolas do Município.

                           
(Presidente Dr. Bruno Curvina realizando a abertura dos trabalhos/Foto: Joaquim Filho)

No início do Ano, o Presidente da Câmara Municipal de Pedreiras Bruno Curvina fez uma comissão com os Vereadores da Casa com objetivo de acompanha todas as escolas da cidade, em especial as dos interiores, sendo elas menos acompanhadas na cidade.
Feito assim na manhã dessa segunda feira (01) de julho, os vereadores da comissão, que foi formada pelos vereadores 
Bruno Curvina Rodrigues Cruz
Adonias da Silva Marques
Márcio Francigard Furtado e Silva
Francisco Sérgio Oliveira da Silva
Conceição de Maria Feitosa Oliveira
Elcimar Silva Lima Filho
José Wilson Martins de Sousa (FIFA)
José Josias de Oliveira Neto
Robson Rios Portela
 ajuntaram na casa varias pessoas e lideranças ligadas a educação do Município, onde na ocasião foi lida e enteque o relatório, relatório esse que chega ser vergonhoso para nossa Princesa do Mearim e caso se calamidade Pública e descaso com a população e estudantes da nossa cidade, que serão o futuro dela.

                                                    
 
CÂMARA MUNICIPAL DE PEDREIRAS– MA
RELATÓRIO DE VISTORIA REALIZADAS NAS UNIDADES ESCOLARES DO MUNICIPÍO DE PEDREIRAS-MA


O IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) foi criado pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) em 2007, como parte do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE).

Ele é calculado com base na taxa de rendimento escolar (aprovação e evasão) e no desempenho dos alunos no SAEB (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica) e na Prova Brasil. Ou seja, quanto maior for a nota da instituição no teste e quanto menos repetências e desistências ela registrar, melhor será sua classificação, numa escala de zero a dez.

O mecanismo foi muito bem avaliado por especialistas justamente por unir esses fatores. Sendo assim, se uma escola passar seus alunos de ano sem que eles tenham realmente aprendido, por exemplo, isso ficará claro a partir da análise do desempenho dela no IDEB.

 O município maranhense de Pedreiras, é a cidade-polo da Região de Planejamento do Médio Mearim, possuindo uma área de 534,514 km² e uma população, conforme estimativas do IBGE de 2018, de 39.267 habitantes, foi avaliado pelo IDEB e constatou-se que ele está entre as piores médias na avaliação referente ao ano de 2017, com média de 4.5 cuja a meta seria 4.9.

Nesse quadro, e, ainda, diante de reclamações populares no que diz respeito às estruturas das escolas do Município de Pedreiras, ficou definido pelo grupo de Vereadores que, após a reunião, se daria início à fiscalização in loco de algumas escolas, para realização de um diagnóstico. Foi formada então uma comitiva composta por representantes do Poder Público Legislativo.

As visitas, realizadas nos dias 27 de maio e 11 de junho de 2019, tiveram o objetivo de apontar os problemas existentes e, conseqüentemente, levantar as soluções e desafios para o próximo ano. Buscou-se nas visitas ver, sentir e apontar soluções plausíveis para a melhoria da educação pública. No dia 27 de maio - as escolas visitadas foram: o Grupo Escolar Humberto de Campos, a Unidade Escolar Getúlio Vargas; o Grupo Escolar Crescêncio Raposo; o Grupo Escolar Cota Cordeiro e o Grupo Escolar Padre Jaime. No dia 11 de junho, as visitas foram realizadas nas escolas Castro Alves, Sotero dos Reis e João Rodrigues.

Foram encontrados problemas diversos relacionados principalmente à infraestrutura, higiene, material de expediente e didático.

Apesar de todos os problemas encontrados nessas escolas, os alunos mostram-se dispostos a comparecer às aulas. O Vereador e Presidente da Câmara Municipal de Pedreiras, Bruno Curvina, esclareceu que o objetivo do levantamento foi elencar os aspectos graves para que auxilie o Poder Executivo e a comunidade na obtenção de melhorias.

Ressaltou, ainda que o desafio para mudar o cenário é grande, mas acreditamos na união de esforços do Poder Público e Sociedade Civil (Governança Participativa) para que possamos, conjuntamente, melhorar as condições dessas escolas, bem como promover uma educação de qualidade no município, o que, conseqüentemente, irá reverter sua nota na próxima avaliação do IDEB”.


ESCOPO DA VISITA

Na fase de planejamento dos trabalhos, ocorrida antes das visitas realizadas no período entre 27 de maio de 2019 e 11 de junho de 2019, foi construída a matriz dessa visita, qual seja: efetuar levantamento de maneira a elencar os aspectos mais graves e essenciais em cada escola visitada, para que auxilie o Poder Executivo e a comunidade na obtenção de melhorias.

Para tanto, fora realizado levantamento in loco, bem como, entrevistas com professores, diretores e alunos de cada escola.


CRONOGRAMA DE VISITAS DAS ESCOLAS
RELAÇÃO DAS ESCOLAS MUNICIPAIS
ZONA RURAL
Data Visita
Escola Getulio Vargas - Municipal
Povoado Centro do Meio II
Povoado, Pedreiras - MA
Educação Infantil
Ensino Fundamental

27/05/2019
G E Cota Cordeiro - Municipal
Povoado Sitio Novo
Povoado, Pedreiras - MA
Educação Infantil
Ensino Fundamental

27/05/2019
G E Crescêncio Raposo - Municipal
Povoado Caiçara
Povoado, Pedreiras - MA
Educação de Jovens e Adultos - Supletivo
Educação Infantil
Ensino Fundamental

27/05/2019
G E Humberto de Campos - Municipal
Povoado Santa Edvirgem
Povoado, Pedreiras - MA
Educação Infantil
Ensino Fundamental

27/05/2019
G E Pe Jaime - Municipal
Povoado Olho D’Água
Povoado, Pedreiras - MA
Educação Infantil
Ensino Fundamental

27/05/2019
G E João Rodrigues - Municipal
Povoado Maribondo
Povoado, Pedreiras - MA
Educação Infantil
Ensino Fundamental

11/06/2019
G E Sotero dos Reis – Municipal
Povoado São Raimundo
Povoado São Raimundo, Pedreiras - MA

Educação infantil
Ensino Fundamental
11/06/2019
G E Castro Alves - Municipal
Povoado Santa Cantídea
Povoado, Pedreiras - MA
Educação Infantil
Ensino Fundamental

11/06/2019

PONTOS RELEVANTES DO DIAGNÓSTICO:

CONSTATAÇÕES: diversos problemas relacionados à infraestrutura, higiene e limpeza, material didático, água potável, saneamento básico, transporte escolar, entre outras:
PRINCIPAIS PROBLEMAS DE CADA ESCOLA

ESCOLA: HUMBERTO DE CAMPOS (Povoado Santa Edvirgem)
Ø  Transporte escolar inacessível (inacessibilidade decorrente das más condições das estradas vicinais);
Ø  Falta de material de higiene e limpeza;
Ø  Falta de água (escola sem água potável);
Ø  Falta de material de expediente (profissionais afirmam não terem recebidos materiais de expedientes no ano corrente; material comprado por funcionários);
Ø  Estrutura elétrica irregular (caixa de energia com fios expostos e acessíveis);
Ø  Material essencial desgastado (fogão, armários, vasos sanitários);
Ø  Falta de fardamento escolar (escola não concede fardamento);
Ø  Falta de ventilação e iluminação;
Ø  Carteiras escolares apresentando defeitos;
Ø  Paredes apresentando rachaduras;
Ø  Ventiladores de teto impróprios para o uso;
Ø  Pintura interna, externa e reboco necessitando de reparação.

ESCOLA: GETÚLIO VARGAS (Povoado Centro do Meio II)
Ø  Falta de armários;
Ø  Ausência de portas (banheiros);
Ø  Falta de material de expediente
Ø  Falta de fardamento escolar
Ø  Falta de material de higiene e limpeza
Ø  Utensílios domésticos desgastados (copos, pratos, colheres);
Ø  Quadro em condição irregular para o uso (quadro apoiado em carteiras escolares);
Ø  Material essencial desgastado (fogão);
Ø  Necessidade de cortar árvore (para evitar proliferação de cupins na escola);
Ø  Piso necessitando de reparos;
Ø  Paredes apresentando rachaduras;
Ø  Carteiras escolares apresentando defeitos;
Ø  Ventiladores de teto impróprios para o uso;
Ø  Ausência de água encanada.

ESCOLA: CRESCÊNCIO RAPOSO (Povoado Caiçara)
Ø  Quadro em condição irregular para o uso (quadro apoiado em carteiras escolares);
Ø  Pintura interna, externa e reboco necessitando de reparação;
Ø  Banheiros em situações precárias, sem água encanada;
Ø  Material essencial desgastado (fogão);
Ø  Falta de fardamento escolar (escola não concede fardamento);
Ø  Piso necessitando de reparos;
Ø  Paredes apresentando rachaduras;
Ø  Carteiras escolares apresentando defeitos;
Ø  Ventiladores de teto impróprios para o uso;
Ø  Falta de material de expediente.

ESCOLA: COTA CORDEIRO (Povoado Sítio Novo)
Ø  Pintura interna, externa e reboco necessitando de reparação;
Ø  Piso necessitando de reparos;
Ø  Pouca iluminação nas salas;
Ø  Carteiras escolares apresentando defeitos;
Ø  Ventiladores de teto impróprios para o uso;
Ø  Paredes apresentando rachaduras;
Ø  Falta de fardamento escolar (escola não concede fardamento);
Ø  Quadros desgastado.

ESCOLA: PADRE JAIME (Povoado Olho D’água)
Ø  Necessidade de dedetização (prédio com infestação de cupim);
Ø  Carteiras escolares apresentando defeitos;
Ø  Ventiladores de teto impróprios para o uso;
Ø  Sala de informática sem funcionamento;
Ø  Telhado apresentando buracos;
Ø  Paredes apresentando rachaduras;
Ø  Falta de fardamento escolar (escola não concede fardamento);
Ø  Encanação de água mal feita.

ESCOLA: CASTRO ALVES (Povoado Santa Cantídea)
Ø  Falta de água;
Ø  Pintura interna e externa, necessitando reparação;
Ø  Falta de fardamento escolar (escola não concede fardamento);
Ø  Carteiras escolares apresentando defeitos;
Ø  Paredes apresentando rachaduras;
Ø  Ventiladores de teto impróprios para o uso;
Ø  Paredes com rachaduras.

ESCOLA: SOTERO DOS REIS (Povoado São Raimundo)
Ø  Pintura interna e externa, necessitando reparação;
Ø  Carteiras escolares apresentando defeitos;
Ø  Ventiladores de teto impróprios para o uso;
Ø  Paredes apresentando rachaduras;
Ø  Falta de fardamento escolar (escola não concede fardamento);
Ø  Bebedouro funcionando apenas com uma torneira.

ESCOLA: JOÃO RODRIGUES (Povoado Maribondo)
Ø  Pintura interna, externa e reboco necessitando de reparação;
Ø  Carteiras escolares apresentando defeitos;
Ø  Paredes apresentando rachaduras;
Ø  Falta de ventiladores;
Ø  Sala sem ser utilizada;
Ø  Falta de fardamento escolar (escola não concede fardamento);
Ø  Sala de informática não funciona (sem computador).

CONCLUSÕES:

Ao avaliarmos as unidades de ensino da zona rural da rede pública do município de Pedreiras, conclui-se que embora a escola seja um dos principais agentes promotores da educação, ainda não desempenha seu papel com êxito. 

A estrutura escolar deve atender às necessidades básicas dos alunos, crianças e adolescentes, não só em quantidade como em qualidade.

         Uma das principais características da escola é formar e desenvolver cada indivíduo em seus aspectos culturais, sociais e cognitivos, em parceria com a família, entretanto, as estruturas escolares do nosso município não apresentaram subsídios básicos para tal formação, quais sejam: espaço físico adequado, com carteiras de qualidade, quadros, higiene básica, água potável, bem como, situações estruturais como paredes íntegras, rebocos, pinturas internas e externas.
            A esse respeito segue abaixo cópias de fotos registradas nas referidas unidades escolares do nosso município, bem como relação das principais irregularidades encontradas, a fim de que possamos solicitar a imediata solução desses problemas.

Pedreiras-MA, 13 de junho de 2019.

Relatório de Vistoria Realizada as Unidades Escolares de Ensino do Município de Pedreiras-MA: o Grupo Escolar Humberto de Campos, a Unidade Escolar Getúlio Vargas; o Grupo Escolar Crescêncio Raposo; o Grupo Escolar Cota Cordeiro; Grupo Escolar Padre Jaime; Castro Alves; Sotero dos Reis e João Rodrigues
 Data da vistoria: 27/05/2019 e 11/06/2019 

MEMBROS:
Bruno Curvina Rodrigues Cruz
Adonias da Silva Marques
Márcio Francigard Furtado e Silva
Francisco Sérgio Oliveira da Silva
Conceição de Maria Feitosa Oliveira
Elcimar Silva Lima Filho
José Wilson Martins de Sousa (FIFA)
José Josias de Oliveira Neto
Robson Rios Portela

CÂMARA MUNICIPAL DE PEDREIRAS– MA
RELATÓRIO DE VISTORIA REALIZADAS NAS UNIDADES ESCOLARES DO MUNICIPÍO DE PEDREIRAS-MA


O IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) foi criado pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) em 2007, como parte do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE).

Ele é calculado com base na taxa de rendimento escolar (aprovação e evasão) e no desempenho dos alunos no SAEB (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica) e na Prova Brasil. Ou seja, quanto maior for a nota da instituição no teste e quanto menos repetências e desistências ela registrar, melhor será sua classificação, numa escala de zero a dez.

O mecanismo foi muito bem avaliado por especialistas justamente por unir esses fatores. Sendo assim, se uma escola passar seus alunos de ano sem que eles tenham realmente aprendido, por exemplo, isso ficará claro a partir da análise do desempenho dela no IDEB.

 O município maranhense de Pedreiras, é a cidade-polo da Região de Planejamento do Médio Mearim, possuindo uma área de 534,514 km² e uma população, conforme estimativas do IBGE de 2018, de 39.267 habitantes, foi avaliado pelo IDEB e constatou-se que ele está entre as piores médias na avaliação referente ao ano de 2017, com média de 4.5 cuja a meta seria 4.9.

Nesse quadro, e, ainda, diante de reclamações populares no que diz respeito às estruturas das escolas do Município de Pedreiras, ficou definido pelo grupo de Vereadores que, após a reunião, se daria início à fiscalização in loco de algumas escolas, para realização de um diagnóstico. Foi formada então uma comitiva composta por representantes do Poder Público Legislativo.

As visitas, realizadas nos dias 27 de maio e 11 de junho de 2019, tiveram o objetivo de apontar os problemas existentes e, conseqüentemente, levantar as soluções e desafios para o próximo ano. Buscou-se nas visitas ver, sentir e apontar soluções plausíveis para a melhoria da educação pública. No dia 27 de maio - as escolas visitadas foram: o Grupo Escolar Humberto de Campos, a Unidade Escolar Getúlio Vargas; o Grupo Escolar Crescêncio Raposo; o Grupo Escolar Cota Cordeiro e o Grupo Escolar Padre Jaime. No dia 11 de junho, as visitas foram realizadas nas escolas Castro Alves, Sotero dos Reis e João Rodrigues.

Foram encontrados problemas diversos relacionados principalmente à infraestrutura, higiene, material de expediente e didático.

Apesar de todos os problemas encontrados nessas escolas, os alunos mostram-se dispostos a comparecer às aulas. O Vereador e Presidente da Câmara Municipal de Pedreiras, Bruno Curvina, esclareceu que o objetivo do levantamento foi elencar os aspectos graves para que auxilie o Poder Executivo e a comunidade na obtenção de melhorias.

Ressaltou, ainda que o desafio para mudar o cenário é grande, mas acreditamos na união de esforços do Poder Público e Sociedade Civil (Governança Participativa) para que possamos, conjuntamente, melhorar as condições dessas escolas, bem como promover uma educação de qualidade no município, o que, conseqüentemente, irá reverter sua nota na próxima avaliação do IDEB”.


ESCOPO DA VISITA

Na fase de planejamento dos trabalhos, ocorrida antes das visitas realizadas no período entre 27 de maio de 2019 e 11 de junho de 2019, foi construída a matriz dessa visita, qual seja: efetuar levantamento de maneira a elencar os aspectos mais graves e essenciais em cada escola visitada, para que auxilie o Poder Executivo e a comunidade na obtenção de melhorias.

Para tanto, fora realizado levantamento in loco, bem como, entrevistas com professores, diretores e alunos de cada escola.


CRONOGRAMA DE VISITAS DAS ESCOLAS
RELAÇÃO DAS ESCOLAS MUNICIPAIS
ZONA RURAL
Data Visita
Escola Getulio Vargas - Municipal
Povoado Centro do Meio II
Povoado, Pedreiras - MA
Educação Infantil
Ensino Fundamental

27/05/2019
G E Cota Cordeiro - Municipal
Povoado Sitio Novo
Povoado, Pedreiras - MA
Educação Infantil
Ensino Fundamental

27/05/2019
G E Crescêncio Raposo - Municipal
Povoado Caiçara
Povoado, Pedreiras - MA
Educação de Jovens e Adultos - Supletivo
Educação Infantil
Ensino Fundamental

27/05/2019
G E Humberto de Campos - Municipal
Povoado Santa Edvirgem
Povoado, Pedreiras - MA
Educação Infantil
Ensino Fundamental

27/05/2019
G E Pe Jaime - Municipal
Povoado Olho D’Água
Povoado, Pedreiras - MA
Educação Infantil
Ensino Fundamental

27/05/2019
G E João Rodrigues - Municipal
Povoado Maribondo
Povoado, Pedreiras - MA
Educação Infantil
Ensino Fundamental

11/06/2019
G E Sotero dos Reis – Municipal
Povoado São Raimundo
Povoado São Raimundo, Pedreiras - MA

Educação infantil
Ensino Fundamental
11/06/2019
G E Castro Alves - Municipal
Povoado Santa Cantídea
Povoado, Pedreiras - MA
Educação Infantil
Ensino Fundamental

11/06/2019

PONTOS RELEVANTES DO DIAGNÓSTICO:

CONSTATAÇÕES: diversos problemas relacionados à infraestrutura, higiene e limpeza, material didático, água potável, saneamento básico, transporte escolar, entre outras:
PRINCIPAIS PROBLEMAS DE CADA ESCOLA

ESCOLA: HUMBERTO DE CAMPOS (Povoado Santa Edvirgem)
Ø  Transporte escolar inacessível (inacessibilidade decorrente das más condições das estradas vicinais);
Ø  Falta de material de higiene e limpeza;
Ø  Falta de água (escola sem água potável);
Ø  Falta de material de expediente (profissionais afirmam não terem recebidos materiais de expedientes no ano corrente; material comprado por funcionários);
Ø  Estrutura elétrica irregular (caixa de energia com fios expostos e acessíveis);
Ø  Material essencial desgastado (fogão, armários, vasos sanitários);
Ø  Falta de fardamento escolar (escola não concede fardamento);
Ø  Falta de ventilação e iluminação;
Ø  Carteiras escolares apresentando defeitos;
Ø  Paredes apresentando rachaduras;
Ø  Ventiladores de teto impróprios para o uso;
Ø  Pintura interna, externa e reboco necessitando de reparação.

ESCOLA: GETÚLIO VARGAS (Povoado Centro do Meio II)
Ø  Falta de armários;
Ø  Ausência de portas (banheiros);
Ø  Falta de material de expediente
Ø  Falta de fardamento escolar
Ø  Falta de material de higiene e limpeza
Ø  Utensílios domésticos desgastados (copos, pratos, colheres);
Ø  Quadro em condição irregular para o uso (quadro apoiado em carteiras escolares);
Ø  Material essencial desgastado (fogão);
Ø  Necessidade de cortar árvore (para evitar proliferação de cupins na escola);
Ø  Piso necessitando de reparos;
Ø  Paredes apresentando rachaduras;
Ø  Carteiras escolares apresentando defeitos;
Ø  Ventiladores de teto impróprios para o uso;
Ø  Ausência de água encanada.

ESCOLA: CRESCÊNCIO RAPOSO (Povoado Caiçara)
Ø  Quadro em condição irregular para o uso (quadro apoiado em carteiras escolares);
Ø  Pintura interna, externa e reboco necessitando de reparação;
Ø  Banheiros em situações precárias, sem água encanada;
Ø  Material essencial desgastado (fogão);
Ø  Falta de fardamento escolar (escola não concede fardamento);
Ø  Piso necessitando de reparos;
Ø  Paredes apresentando rachaduras;
Ø  Carteiras escolares apresentando defeitos;
Ø  Ventiladores de teto impróprios para o uso;
Ø  Falta de material de expediente.

ESCOLA: COTA CORDEIRO (Povoado Sítio Novo)
Ø  Pintura interna, externa e reboco necessitando de reparação;
Ø  Piso necessitando de reparos;
Ø  Pouca iluminação nas salas;
Ø  Carteiras escolares apresentando defeitos;
Ø  Ventiladores de teto impróprios para o uso;
Ø  Paredes apresentando rachaduras;
Ø  Falta de fardamento escolar (escola não concede fardamento);
Ø  Quadros desgastado.

ESCOLA: PADRE JAIME (Povoado Olho D’água)
Ø  Necessidade de dedetização (prédio com infestação de cupim);
Ø  Carteiras escolares apresentando defeitos;
Ø  Ventiladores de teto impróprios para o uso;
Ø  Sala de informática sem funcionamento;
Ø  Telhado apresentando buracos;
Ø  Paredes apresentando rachaduras;
Ø  Falta de fardamento escolar (escola não concede fardamento);
Ø  Encanação de água mal feita.

ESCOLA: CASTRO ALVES (Povoado Santa Cantídea)
Ø  Falta de água;
Ø  Pintura interna e externa, necessitando reparação;
Ø  Falta de fardamento escolar (escola não concede fardamento);
Ø  Carteiras escolares apresentando defeitos;
Ø  Paredes apresentando rachaduras;
Ø  Ventiladores de teto impróprios para o uso;
Ø  Paredes com rachaduras.

ESCOLA: SOTERO DOS REIS (Povoado São Raimundo)
Ø  Pintura interna e externa, necessitando reparação;
Ø  Carteiras escolares apresentando defeitos;
Ø  Ventiladores de teto impróprios para o uso;
Ø  Paredes apresentando rachaduras;
Ø  Falta de fardamento escolar (escola não concede fardamento);
Ø  Bebedouro funcionando apenas com uma torneira.

ESCOLA: JOÃO RODRIGUES (Povoado Maribondo)
Ø  Pintura interna, externa e reboco necessitando de reparação;
Ø  Carteiras escolares apresentando defeitos;
Ø  Paredes apresentando rachaduras;
Ø  Falta de ventiladores;
Ø  Sala sem ser utilizada;
Ø  Falta de fardamento escolar (escola não concede fardamento);
Ø  Sala de informática não funciona (sem computador).

CONCLUSÕES:

Ao avaliarmos as unidades de ensino da zona rural da rede pública do município de Pedreiras, conclui-se que embora a escola seja um dos principais agentes promotores da educação, ainda não desempenha seu papel com êxito. 

A estrutura escolar deve atender às necessidades básicas dos alunos, crianças e adolescentes, não só em quantidade como em qualidade.

         Uma das principais características da escola é formar e desenvolver cada indivíduo em seus aspectos culturais, sociais e cognitivos, em parceria com a família, entretanto, as estruturas escolares do nosso município não apresentaram subsídios básicos para tal formação, quais sejam: espaço físico adequado, com carteiras de qualidade, quadros, higiene básica, água potável, bem como, situações estruturais como paredes íntegras, rebocos, pinturas internas e externas.
            A esse respeito segue abaixo cópias de fotos registradas nas referidas unidades escolares do nosso município, bem como relação das principais irregularidades encontradas, a fim de que possamos solicitar a imediata solução desses problemas.

Pedreiras-MA, 13 de junho de 2019.

Relatório de Vistoria Realizada as Unidades Escolares de Ensino do Município de Pedreiras-MA: o Grupo Escolar Humberto de Campos, a Unidade Escolar Getúlio Vargas; o Grupo Escolar Crescêncio Raposo; o Grupo Escolar Cota Cordeiro; Grupo Escolar Padre Jaime; Castro Alves; Sotero dos Reis e João Rodrigues
 Data da vistoria: 27/05/2019 e 11/06/2019 


Postar um comentário:

0 comments: