sábado, 7 de julho de 2018

Bolsonaro ameaça candidaturas de Vinicius Louro, Josimar do maranhãozinho e demais candidatos do PR no maranhão....

Bolsonaro pode tirar PR 22 da aliança com Flávio Dino, o acordo forçará outros desceram do palanque do PCdoB














O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) impôs uma 
condição para receber o apoio do Partido da República 
(PR) que pode ser prejudicial ao governador Flávio Dino 
(PCdoB): o afastamento da legenda de qualquer coligação
 estadual que tenha o PT como integrante e o apoio do
 partido aos seus candidatos. A informação é da coluna 
Painel da Folha do jornal Folha de São Paulo

De acordo com jornal paulista, Bolsonaro quer o senador
 pelo Espírito Santo Magno Malta como seu vice, mas
 exige que antes de fechar com ele, o PR se afaste do 
PT nas disputas estaduais. PT e PR fazem parte da
 ampla aliança que Flávio Dino pretende formar para concorrer
 à reeleição.

O objetivo do pré-candidato do PSL é levar o PR para seus
 candidatos a governador, principalmente no Rio de Janeiro 
e São Paulo e se o acordo for fechado, além do Maranhão, 
se os petistas continuarem com Dino, o PR teria de se afastar 
do partido de Lula na Bahia e em Minas Gerais.

O acordo forçaria os deputados Josimar do Maranhãozinho, 
Sérgio Frota, Vinícius Louro e outros desceram do palanque 
do PCdoB para acompanharem a ex-prefeita de Lago da Pedra 
Maura Jorge, que é a candidata de Bolsonaro a governadora do 
Maranhão.

Segundo a Folha, o presidente do PR, Valdemar Costa Neto, 
que é quem comanda a legenda, estaria praticamente convencido de
 que esta seria a melhor aposta para sua legenda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário