terça-feira, 1 de maio de 2018

Bomba em Coroatá....

Em Coroatá, recursos do Fundeb servem para pagar funcionários 




Prefeito de Coroatá, Luis da Amovelar Filho.
A Prefeitura de Coroatá, comandada por Luis da Amovelar Filho desde o ano passado, vem servindo de cabide de emprego para os aliados da administração.
Blog do Luis Pablo recebeu mais uma denúncia envolvendo a atual gestão e dessa vez a utilização indevida dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – Fundeb.
O prefeito tem usando a verba federal para garantir emprego na Secretaria Municipal de Educação (Semed) à parentes, amigos e aliados que sequer precisam aparecer para trabalhar.
No site do Sistema de Informações Sobre Orçamentos Públicos em Educação é possível verificar algumas dessas pessoas beneficiadas.
A própria tia do prefeito, identificada como Nadir Soares Dias, por exemplo, está lotada na Escola Municipal Tresidela I, recebendo R$ 2.692,25. O ex-Secretário Municipal de Educação, Odair José Soares da Silva, que é atual presidente do PDT de Coroatá, ganha mensalmente R$ 5.817,22.
Há também, entre outros vários nomes, Aparecida de Lourdes Rodrigues Pereira, filha da vereadora Lourdinha (PCdoB). A filha da aliada de Márcio Jerry garante mesmo morando em São Luís, local em que realmente trabalha, quase R$ 5 mil da Prefeitura de Coroatá.
Os pagamentos irregulares e ilegais deverão resultar em um Ação Civil Pública contra Luis da Amovelar Filho. Fica o alerta para a população e os órgãos fiscalizadores sobre o absurdo instaurado no município.
Aparecida de Lourdes (foto acima), filha da vereadora Lourdinha do PCdoB em Coroatá é uma das que recebe 

Um comentário:

  1. Essa falta de respeito que alguns politicos tem com o povo, de roubar o dinheiro público de forma assim tão descarada, precisa acabar. Este ano tem que ser o marco de um grande movimento contra a corrupção no país, a começar pelo voto nas urnas. Nenhum eleitor deve votar em políticos com.mai de dois mandatos, especialmente aqueles que estão sendo processados por improbidade ou furto do dinheiro do povo. É fácil constatar isso, basta por o nome do político no Google e ele vai dizer se o político é processado ou não.

    ResponderExcluir