quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

FUP realiza com sucesso folia de reis...

FOLIA DE REIS: CHUVA, ALEGRIA E TRADIÇÃO NO CORTEJO PELAS RUAS DO MATADOURO


Pelo segundo ano consecutivo, a Prefeitura de Pedreiras a Fundação Pedreirense
 de Cultura e Turismo (FUP), trabalhando o resgate das manifestações de
 cultura popular, realizou a Folia de Reis. Mesmo com muita chuva,
 o grupo saiu em cortejo neste sábado (06/01), partindo do Palácio Municipal 
e percorreu as ruas do Bairro Matadouro com muita animação e arrastando
 simpatizantes para as festividades.

“Hoje dia 6 de janeiro é festejado a Folia de Reis. E em Pedreiras pude 
acompanhar essa festividade promovida pela FUP, na pessoa da 
presidente Francinete Braga. Foi lindo demais ver as pessoas caracterizadas 
representando os três Reis Magos que, segundo conta a Bíblia souberam que
 ia nascer Jesus e foram ao seu encontro levar presentes valiosos como 
incenso, ouro e mirra. No cortejo aconteceram várias paradas nas casas de 
algumas pessoas que tinham pedido para que os Reis fossem em suas 
casas, levando o estandarte da procissão. Os poetas recitavam preces em
 forma de poesias para os donos da casa”, assinalou o subtenente
 Márcio Lobato, que comandou o Tiro de Guerra em Pedreiras.

A Folia de Reis, também conhecida como Reisado, é uma festa popular brasileira 
de caráter religioso (católico). Também considerada de caráter folclórico 
(espécie de folguedo), ela é realizada entre o período do Natal até
 o Dia de Reis (6 de janeiro). Na Folia de Reis, grupos organizados de pessoas
 saem pelas ruas da cidade, visitando as casas e tocando músicas populares
 e entoando cânticos bíblicos em homenagem aos reis magos e ao nascimento de Jesus. Junto com os músicos vão pessoas vestidas com roupas de personagens ligados 
ao tema da festa.

Alguns aspectos tradicionais da Folia de Reis foram trazidos para o Brasil no final 
do período colonial (provavelmente no começo do século XIX), pelos portugueses.
 Porém, de acordo com estudiosos da cultura popular, esta festa tem sua origem 
na Espanha.


A porta de entrada foi o nordeste brasileiro. Porém, em nosso país a Folia de 
Reis ganhou traços culturais particulares, incorporando aspectos da cultura
 brasileira. Um destes exemplos está presente na música, com a presença das
 batidas típicas dos tambores africanos. Vale dizer também que a Folia de Reis 
possui traços particulares em cada região do Brasil.





















Nenhum comentário:

Postar um comentário