sábado, 23 de dezembro de 2017

três vereadores ameaçam sair do governo França...

Três vereadores ameaçam abandonar o grupo do prefeito de Pedreiras na última sessão do ano

Vereadores Zezinho do Amor, Didi Motos e Totinho Sampaio 
Ontem à noite (21), a sessão extraordinária de encerramento do ano legislativo da Câmara Municipal de Pedreiras teve discursos polêmicos que surpreendeu muita gente que estava presente.

Em meios a pedidos de desculpas, homenagens, agradecimentos, felicitações de natal e desejo de boas festas, também rimbombaram reclamações e ameaças de edis governistas contra o governo municipal. Os vereadores da oposição, como esperado, voltaram a criticar o prefeito Antônio França. A surpresa da sessão solene foram os pronunciamentos rebeldes de três vereadores da base de sustentação da base do prefeito: Zezinho do Amor, Totinho Sampaio e Didi Motos.

Discursos

Zezinho do Amor (PTB), iniciou seu discurso falando de sua luta para se eleger vereador, sem nenhum recursos; com muita emoção e veracidade na voz, lembrou de sua origem humilde, seu trabalho como pescador na região do Matadouro, às margens do Rio Mearim, relatou a dor que sofreu ao perder a vaga da Câmara nas eleições de 2012 para Claudia Alencar e por fim, criticou o prefeito e deu prazo para ele dar um rumo melhor ao seu governo, caso contrário, promete deixar o grupo governista para somar com os colegas de oposição.
Zezinho do Amor discursa na sessão solene de encerramento do ano legislativo 
“Eu sou vereador de Pedreiras e não abaixo minha cabeça para ninguém. Eu já disse para o prefeito: ‘prefeito dou até maio ou abril... se o seu trabalho continuar do jeito que tá hoje, eu não fico com o prefeito...’ Espero que melhore, mas se não, vou para oposição com responsabilidade, sem estar denegrindo a imagem do prefeito, de sua pessoa; vou levar minha vida fazendo democracia e respeitando o trabalho de cada um. No próximo ano, vou vir com mais experiência e pedindo a Deus para que eu não entre em atrito com ninguém”, discursou o vereador Zezinho do Amor.

Já o vereador Totinho Sampaio (REDE), em discurso, disse que vai procurar o prefeito pessoalmente para alertá-lo, “porque se não houver mudanças, não tem como continuar apoiando ele.”
Totinho Sampio Amor discursa na sessão solene de encerramento do ano legislativo 
“Meu primeiro ano de mandato, tenho certeza que cumpri o meu papel, tenho a sensação de dever cumprido, fiz vários requerimentos, alguns foram concluídos e outros estão em andamento, mas continuo cobrando o prefeito para fazer. Quero dizer que se não houver mudança em 2018, também não tem como continuar com prefeito. Eu torço que ele melhore a cidade. Irei conversar com ele e tenho certeza que 2018 ele vai arregaçar as mangas. Um ano já se passou, mas continuo confiando no prefeito.”

Pela primeira vez no ano, (que eu tenha notícia), o vereador Didi Moto (PTB) discursou; ele estreou na tribuna da Câmara informando que tem recebido pressões de moradores do Diogo que clamam melhorias em seu Bairro.
Didi MotosZezinho do Amor discursa na sessão solene de encerramento do ano legislativo 
“Ser vereador não é fácil; às vezes você é cobrado para fazer alguma coisa, você tem a capacidade, vai atrás, mas não tem a resposta do Poder Executivo. Eu vim aqui dizer que recebo muitas pressões. A minha votação foi muito centralizada no Bairro do Diogo e, quando a gente tem uma votação centralizada, a população do determinado local cobra por melhorias. Às vezes a gente recebe vaias, é ofendido. Peço que o prefeito Antônio França olhe com atenção para as solicitações do vereador Didi. Espero que, quando ele for acordar, no dia 1º, as suas coisas que estão amarradas, comecem a andar e que ele tenha vontade de fazer as coisas. Eu peço para o prefeito Antônio França que ele faça por merecer a grande votação que ele recebeu, por que a população está reclamando”, sugeriu o vereador Didi Motos.

Os vereadores finalizaram uma semana repleta de tensões no grupo político do prefeito Antônio França. Um assessor jurídico deixou o seu governo fazendo grande alarido pelas redes sociais; há boatos que diretores e secretários de pesos também estão ameaçando deixar o governo. Ainda assim, vamos torcer para que o natal pedreirense seja tranquilo e o ano novo cheio de grandes ações administrativas na cidade. 


fonte:blog do Carlinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário